Nota de Pesar

Hoje, dia 29 de outubro de 2021, os campos dos estudos da proteção social e das políticas de proteção social e território perderam uma de suas estrelas-guias, a Professora Dirce Koga, Dircinha. No LiSS, perdemos uma parceira de muitas jornadas e uma amiga querida. Os estudos de desigualdades socioterritoriais no LiSS, foram iniciados muitos anos atrás, no fim dos anos 90, com as professoras Aldaiza Sposati e Dirce Koga. Nossa iniciativa conjunta, o CEDEST - Centro de Estudos das Desigualdades Socioterritoriais (PUCSP/INPE) - foi a origem de muitas dissertações, teses e projetos com profundas inovações metodológicas e conceituais para a produção de novas cartografias da relação exclusão/inclusão social nas cidades brasileiras. O livro derivado da Tese de Doutorado da Dirce é até hoje uma referência fundamental no campo, Medidas de Cidades: entre territórios de vida e territórios vividos (Editora Cortez, 2ª edição, 2011). Junto com alguns de nós, no LiSS, publicou capítulo no primeiro livro produzido pelo CSISS - Center for Spatially Integrated Social Science iniciativa da National Science Foundation pensado a partir do  NCGIA - National Center for Geographic Information and Analysis, a maior iniciativa nos EUA para pesquisa e formação do campo do tratamento e análise da informação geográfica. O artigo, Mapping Social Exclusion/Inclusion in Developing Countries: social dynamics of São Paulo in the 1990s., coordenado pela Dircinha, foi publicado no livro Best Practices In Spatially Integrated Social Science (New York, v. 01, p. 223-238, 2004). E recentemente Dircinha foi fundamental para a edição do livro Desigualdades nos territórios da cidade: métricas sociais intraurbanas em São Paulo (1. ed. São Paulo: EDUC, 2017. v. 01. 128p .), coordenado pela Professora Aldaiza Sposati, relatando quase 30 anos de pesquisas no campo da proteção social e seus aspectos territoriais em escalas intra-urbanas. No último dia 25 de outubro iríamos juntos participar do lançamento de seu último livro, Construção de conhecimentos em serviço social: entre periferias, territorialidades, narrativas, experiências e cartografias - com Carola Arregui e a participação de muitos parceiros e amigos de jornada, incluindo os parceiros do LiSS. -  (1. ed. São Paulo: EDUC, 2021. v. 1. 144p .). Um momento de celebração e de festa, ainda que em tempos tão difíceis. Dircinha era essa luz. Era calma, generosidade e segurança na forma firme e poderosa de um sorriso lindo e discreto e de uma voz mais doce que suave. Dirce não conseguiu ficar conosco. Dirce se foi neste dia 29 de outubro de 2021. As ideias de Dirce não. Permanecem. As ideias de Dirce permanecerão. As ideias de Dirce encontraram no LiSS campo fértil e nele florescem. 

Viva Dirce! Dirce Vive!